sexta-feira, 17 de julho de 2009

A Paranóia da Gripe suina


Ai gente....
Como profissional da área, confesso que não suporto mais esse climinha de pânico em torno de uma simples gripe... Até o tom dos jornalistas nos telejornais estão me dando nos nervos. E as dúvidas das pessoas: "cancelo minha viagem ou não?" "Ah decidi cancelar a ida para Bariloche e resolvi ir para Cancun" (gente, eu ouvi isso SIM; dá prá acreditar?)
A gente... fala sério! Esse povo paranóico vai acabar pegando essa gripe dentro de casa, já que o vírus ja se espalhou mesmo. Em um dos meus blogs preferidos, o VIAJE NA VIAGEM, do Ricardo Freire, tem uma discussão EXCELENTE, cheia de comentários inteligentes, alguns super espirituosos.
Algumas das pérolas que mais gostei de ler:
"Sabe o que é engraçado de tudo isso? Se esse vírus tivesse aparecido numa época em que a ciência ainda não fosse capaz de isolar e identificar agentes transmissores novos de doenças infecciosas, as pessoas estariam viajando numa boa, pegando gripe (sem saber se o vírus era novo ou não), e voltando para casa dizendo: Hmm, aquela “friagem” que eu tomei na Recoleta me fez mal. Que gripe! Mas valeu a pena!"
Aí, um leitor comenta:
"Fácil falar assim. Evitar viajar com crianças e idosos! Mas eu tenho minha sogra de 82 anos e minhas filhas de 10, 8 e 5 anos em casa. Cancelei a viagem a Porto Alegre neste fim de semana em função de ser uma área com muitos casos no Brasil. Não acho justo ter que arcar com 320,00 de multa pelo cancelamento. É um caso de saúde pública. Fiz uma consulta a ANAC para recuperar a multa e vou ao Procon para reclamar."
Respostas: "É uma g-r-i-p-e. G-r-i-p-e. Igual a todas as gripes que acometem os humanos todos os invernos. Não há nenhuma recomendação de nenhum órgão de saúde para não se viajar ao Rio Grande do Sul."
Mais uma: "Independente da gravidade da doença (que, olhando os números de modo frio, apresenta-se menos ‘letal’ do que ir ao Rio de Janeiro e contrair dengue hemorrágica), as companhias nào são obrigadas a abrir mão da multa. Elas fazem isso com destinos internacionais por mera ação de preservação ou melhoria da sua imagem institucional. Surtos de doença entram no caso de “força maior”, além dos controle das cias., e elas não são obrigadas a deixarem de cobrar multa *legalmente*. Este raciocínio presume que os vôos sejam oferecidos normalmente. A opção de não ir a Porto Alegre é, em tese, do passageiro, já que não há proibição de viagem a nenhum lugar nem do Brasil, nem do mundo, emanada das autoridades brasileiras. Legalmente, é uma decisão individual voluntária de não viajar."
"É isso aí, acho que você está coberto de razão… Aliás, gripe é um troço chato pra caramba, mas, se for pra pegar, que seja numa friagem na Recoleta e não trancado em casa - e de máscara!!!" -Sensacional esta!
Me esbaldei: é tudo o que eu queria falar pra um monte de gente, mas que fiquei meio sem jeito, com receio de ser mal interpretada.
Tendo um tempinho, acesse aqui: http://www.viajenaviagem.com/2009/07/gripe-suina-ministerio-da-saude-responde-duvidas-no-twitter/ e tenha ótimas informações!
Beijo tchau!!!!!!

2 comentários:

Marco Antonio de Assis disse...

Diana,

Mas vc não acha que se podemos evitar, melhor prevenir???

Eu mesmo cancelei uma viagem com minha esposa, ja planejada, para Buenos Aires. Tive que arcar com um determinado valor (não multa, mas sim valores q a agencia não conseguiu de volta). Acabei indo para Campos do Jordão, de carro e gastei o dobro do valor... rsrs

Mas o que importa é que foi bem legal, não conhecia CJ, então terminou tudo bem...

Será que fiz a coisa certa?!

Abraços, Marco Antonio

Diana Carvalho disse...

Bom, Marco Antônio!

Se foi certo ou não, agora não adianta olhar pra trás. Só que eu acho que vc não evitou nada. A gripe está por aí, em todos os lugares, o virus ja circula livremente. E com certeza, com o frio que faz em Campos do Jordão no inverno, vcs correram mto mais risco de pegar um resfriado, que poderia evoluir para uma gripe comum ou até mesmo, pegar a nova gripe... Do mesmo jeito que muita gente que foi e esta indo para Buenos Aires nestas ferias, não teve nenhum problema!

Abs.